Arquivo da tag: Casamento

O Dia D da Fernanda

A Fernanda e o Leandro são de Curitiba e foi lá que se casaram. Depois de se conhecerem em um intercâmbio no Canadá e após 9 anos de relacionamento, eles oficializaram a união em um cerimônia linda seguida de uma recepção super original.

A Fernanda me contou que lá em Curitiba, assim como em outras cidades, mais de uma noiva se casa por dia na mesma igreja e por isso a preferência na escolha da decoração é da primeira noiva, no caso, ela! Em Recife não temos isso, é sempre apenas uma noiva por igreja, por isso acabamos estranhando o fato né?? Acontece que a Fernanda teve sorte porque as outras duas noivinhas eram super bacanas e aceitaram a sugestão dela para a decoração, o clássico “flores brancas + velas e lanternas + tapete verde”.

Como forma de homenagear seu pai já falecido, a Fernanda escolheu para seu grande dia um buquê de flores brancas e colocou no meio uma rosa amarela, a preferida de seu pai. Além disso, ela usou um relicário com a foto dele, uma forma de fazê-lo entrar junto com ela na igreja, mais emocionante impossível!

Na recepção a Fernanda também inovou. Como nem ela nem o noivo queriam bolo de casamento, eles o substituíram por uma torre de mini-cupcakes, que aliás, fez o maior sucesso! Assim como o livro de assinaturas e o espaço criado para receber doações para a lua de mel (uma forma mais delicada que o casal encontrou para substituir a famosa gravata), os convidados adoraram!

Casamento lindo e cheio de ideias bacanas para inspirar, confiram!!!

Fotografia: Meliess / Igreja: São Vicente de Paulo / Recepção: Ilha do Mehl / Cerimonial: Anna Britto Cerimonial / Decoração: Jad Juca Decorações / Cabelo e Maquiagem: Kelli Giordano / Vestido: Silvia Fregonese – Pronovias / Sapato: Schultz / Buquê: Damas e Cia / Traje do Noivo: Vila Romana / Bebidas: MHG / Buffet: Ilha do Mehl / Doces: Solange Malluceli / Cupcakes: Anna Britto / Topo de Bolo: Pati Mendes / Música Igreja: Aurelius Clarins / Música Recepção: Dj Vergilio / Iluminação: TGS Iluminação / Convite: Papelícia / Mobiliário: O Trocadeiro /

 

Parabéns Fernanda e Leandro, o casamento foi lindo e cheio de personalidade, do jeito que o blog ama! Obrigada pela presença de vocês em nosso cantinho =)

Beijos, Mila Moura

, , , , , , , , , , , , , ,

Desafio de Drinques BalacA – O evento!

Como vocês sabem, sábado passado aconteceu o Desafio de drinques BalacA, evento idealizado pelo barman mais animado da cidade! Pra (não) variar o encontro, criado para incentivar o preparo de drinques pelas futuras casadinhas foi um sucesso, super divertido! É tão bom encontrar pessoas queridas, conhecer novas queridas e ainda por cima tomar uns drinques né? Não poderia ter sido mais agradável!

Para quem não sabe do que estou falando, explico! Três noivinhas foram sorteadas aqui no blog para participarem de um desafio, cada uma teria que preparar um drinque e a vencedora (eleita com base nos critérios da apresentação no preparo, visual do drinque e sabor) ganharia um voucher de R$ 1.000 para ser usado nos serviços do BalacA (mesa de welcome drink, buffet de drinques para casamento, bar em chá de panela, entre outros).

Para “julgar” as candidatas foram convocadas a Mila, a que vos fala, e as fofas Cecília (da empresa Wedding by Cecília) e Amanda (do blog número 118). Ficamos (e aqui eu posso falar em nome das meninas, já que nós três conversamos sobre isso no dia) impressionadas com o esforço das participantes. Elas criaram/adaptaram receitas especialmente para o evento e ainda se preocuparam em contar a história dos seus drinques, foi bem legal.

A primeira noiva, a animada Tati, preparou o La Tuberosa, drinque feito a base de umbu, fruta muito comum na casa dela. A receita original é da sua mãe, que aproveitava a quantidade da fruta (sempre presente nas receitas da casa) para fazer os drinques. A Tati deu uma adaptada e mandou ver na receita.

A segunda noiva, a Camila, preparou um drinque com frutas vermelhas, leite condensado e chantilly. O nome? Véu de Paixão, o véu fazendo referência ao branco do chantilly e a paixão se referindo ao vermelho das frutas. Esta receita foi criada especialmente para o desafio e segundo a Camila o objetivo era apresentar uma bebida doce e feminina. Não é que ela conseguiu?

A terceira e última noivinha, a Fabrícia, participou do desafio com o drinque Lua de Mel, também criado especialmente para o evento (muito amor né gente?). A Fabrícia ainda teve o cuidado de explicar (em detalhes) a origem do seu drinque. O mel usado no preparo faz referência ao costume da Roma Antiga em espalhar mel na soleira dos recém-casados e um outro ingrediente da bebida, o hortelã, está relacionado ao frescor da descoberta do novo, algo comum na vida a dois =)

Foi difícil escolher o melhor drinque, cada um tinha sua particularidade, mas levando em consideração os 03 critérios, as juradas escolheram o drinque Véu de Paixão, da noiva Camila, como o vencedor!

Foi sem dúvida uma tarde bem divertida, já avisei ao Balaca que providencie muitas outras edições, se a primeira já foi boa assim, imaginem as demais, agora ele não pode parar mais =)

E como prometido, vou deixar a receita do drinque vencedor, muito, muito bom, vale a pena fazer em casa. Tomem nota:

Ingredientes: 1 dose de vodka, 1 colher de grenadine, framboesas frescas, cerejas marraschino, 1 colher de leite condensado, chantilly em spray, gelo, coqueteleira e pilão.
Modo de Preparo: Macerar as framboesas e cerejas, adicionar a vodka e agitar na coqueteleira. Adicionar o leite condensado, gelo e agitar. Colocar em copo alto o líquido e adicionar 1 colher de grenadine. Decorar com chantilly e cereja marraschino.

Em nome do Balaca eu agradeço a participação das queridas Cecília e Amanda que toparam participar da brincadeira, ao fotógrafo Lucas Moreira que fez estes belíssimos cliques, ao Dj Beto Carioca que deixou o ambiente mais animado com suas músicas, a Lucinha Cascão que nos presenteou com algumas de suas delícias, a Marcela, assessora do Balaca, pelo carinho com o qual cuidou de tudo e as meninas da Sorelli Spa Urbano pelo espaço lindo disponibilizado pro nosso encontro!!

Ahhh, e todas as noivinhas que estiverem presentes, tanto as que participaram do desafio, quanto as que foram assistir e torcer (viram que tivemos torcida organizada e tudo?Adorei!), muito obrigada a vocês!

Em breve mais eventos aqui no blog, fiquem ligadinhas!

Beijos, Mila Moura

, , , , ,

O Dia D da Aline

A história do casamento da Aline e do Gileno podia ser a história de muitos casais por aí, se não fosse um pequeno detalhe, a coragem e o desprendimento deste casal, atributos que em dois anos de blog eu nunca vi igual.

A história começa assim… um casal em plena fase dos preparativos para o casamento. Eles queriam tudo que todo casal tem direito, festa, buffet, música, lembrancinhas, etc. A lista inicial tinha 200 convidados e após ser enxugada ao máximo, passou para 160. O orçamento já estava alto e ainda faltava muuuita coisa.

Até aqui, nada que a gente não veja acontecer, certeza que muitas se identificaram! Mas presta atenção, é agora que a história muda de direção!

A Aline e o Gileno foram reservar o local que desejavam para a festa mas infelizmente não havia mais data disponível pelos próximos 02 anos. Por um lado seria até bom, pois adiando o casamento por todo este tempo eles conseguiriam fazer tudo do jeitinho que queriam! Mas espera aí, valia a pena adiar o momento para conseguir fazer “O” casamento? O que era enfim mais importante? O desejo sincero dos dois em se unirem ou a festa com buffet, bebida, música e todas as outras coisas?

Foi numa caminhada na praia dos carneiros que a Aline e o Gileno então resolveram, era ali que eles casariam. No princípio pensaram em convidar a família e alguns amigos próximos, mas como o casal é baiano, muitos dos convidados não poderiam  viajar a Pernambuco e para não serem injustos, decidiram, seriam apenas os dois!

E assim foi… um mini-mini-wedding sem convidados, casa de festas, buffet, música, lembrancinhas, mas com vestido de noiva, buquê, bolo, doces, bem-casados, espumante e muito, muito, muito amor! Ah, e tudo isso em um cenário encantador!!

Fotos: Maíra Erlich / Local: Pousada Pontal dos Carneiros Beach Bangalows / Cerimonial: Alliance Cerimonial (Leonardo Buregio) / Bolo: Kátia Bolos / Doces: Wilde Bem-Casados / Vestido: Vert et Rouge / Maquiagem e Cabelo: Monique Caires / Celebrante: Ana Roberta Oliveira /

 

Eu chorei muito no meu casamento! Mas como não se emocionar quando estamos numa igreja linda, ouvindo uma música maravilhosa, vendo daminhas fofas entrando, pais dos dois lados chorando? Até hoje eu achava que era esse mix explosivo que fazia a noiva se emocionar, mas depois que eu vi a Aline e o Gileno casar eu lembrei, é o amor mais do que suficiente para nos fazer chorar.

E antes de acabar, deixa eu só falar! Com este post eu não quis dizer que as noivas devem deixar de lado todos os detalhes apaixonantes de uma festa de casamento, eu AMO festas de casamento, fiz a minha e se pudesse voltar no tempo teria feito uma maior ainda! Mas é tão gostoso ver casais que decidem fazer diferente, que apostam na simplicidade para fazer o que tinham em mente! Eu adoro, eu adorei, eu simplesmente me apaixonei por esta história =)

Beijos, Mila Moura

, , , , , ,